quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O AMOR E SEUS DISFARCES. (SR)

Autor: Sergio L. M. Rocha


Quando o amor se anunciar, receba-o de bom grado.
Mas não se espante com os seus disfarces,
Cada um mais interessante e peculiar.
Ainda que de diferentes formas, sempre se manifesta do jeito adequado.
Mesmo assim, é muito comum confusões observar.
Classificar o amor como sexo, não é correto,
Muito pior é confundi-lo com sofrimento.

Amor é doação,

É dar sem a preocupação de algo, em troca, conquistar.
Amor é caridade, é afeição, é bondade, é cuidado, é atenção, é alento.
Amor é contemplação, é o prazer de estar junto, de fazer bem ao próximo e sentir a sua recepção.
Amor é o simples ato de dirigir o pensar, o olhar, ouvir ou tocar.
O amor não tem raça, religião, idade, cultura, poder aquisitivo ou qualquer outra distinção.
Não tem hora, nem lugar.
Amar é simples,
Amor é grátis.

4 comentários:

Ilza Nascimento disse...

"O amor é simples". É verdade! E adepta das coisas sem sofisticação, não tenho jeito senão amar. Afinal, meu caro, não estaria nessa simplicidade do amor a solução para os problemas da humanidade? Triste daquele que não ama, e não se ama, não se doa. Beijos, meu amigo amado!

Carmen disse...

Carmen Terezinha disse

O amor tem diferentes formas. Amor filial, amor fraternal, amor-amizade... amor por um trabalho, por um ideal, amor por Deus, amor pelas coisas belas da vida, amor pelo prazer de ver e ouvir, amor por um ou todos os animais, amor pelo planeta que nos acolhe. O amor é o melhor sentimento que podemos desenvolver dentro de nós mesmos. Até os bandidos em algum momento sentem amor por alguém e é esse sentimento que salva suas almas.
Belo texto.

neusamcouto@gmail.co. disse...

Serginho,suas palavras são sábias.Andam confundindo muito os significados deste sentimento...
Realmente o amor tem muitas faces.E todas lindas, a construir a laços para sempre indissolúveis.
Ah...Como é bom poder amar!

Marcia disse...

Olá Sergio!Estou passeando pelo seu BLOG e gostando muito do que estou lendo...
Para começar, amei o título deste texto...Viajei nele...
Acho difícil escrever sobre o Amor, justamente pq tem disfarces...Mas você escreveu simplesmente com o coração e ficou Lindooo...Bjus...