segunda-feira, 22 de março de 2010

Perfume...

Autora: Marta Medeiros

É quando mesmo de olhos fechados
a gente reconhece quem nos faz feliz....
Uma mordidinha para sentir o gosto
um cheirinho para sentir o perfume
um beijinho rápido,
uma ilusãozinha a quantos basta
uma amostra grátis
não consigo molhar os pés apenas
eu mergulho e só paro quando me afogo
eu me queimo e só paro quando derreto
eu me jogo e só paro quando me param...

(*) enviado por Iza

2 comentários:

Bellunardi disse...

Ahhh, o que posso dizer??? rsrs
AMEI!!!Fiquei Vaidosaaaa, rsrs
Super feliz!
Meu Carinho Especial pra Você...
Beijos
Iza

IÓ NA TERCEIRA IDADE disse...

Gostei desse poeminha despretencioso!
bjo I♥ó